dcsimg Leia Mais - Notícias - Pet Info - Bayer Pet
Bayer Pet - Pet Info

Pet Info

Cães precisam escovar os dentes?

Falta de cuidado com a higiene bucal pode prejudicar a saúde dos animais

Assim como os humanos, os cães precisam de atenção com a higiene bucal. Limpar os dentes do animal é um procedimento que reduz a formação de cálculo dentário (tártaro), minimizando os riscos de problemas na boca e outras doenças indiretas, como cardíaca e pulmonar.

Foto: freeimages / Divulgação

— Estudos mostram que, no Brasil, 70% dos cães adultos têm gengivite — destaca a médica veterinária Claudia Krefta.

Para identificar o problema, o tutor deve ficar atento a alguns sinais. Um deles é a recusa à comida, que pode ocorrer em razão da dor ao mastigar. Gengivas com aspecto de inflamação e sangramentos também são indicativos de problemas.

A falta de higiene pode causar mobilidade e perda dos dentes. Fernanda Muller, médica veterinária e sócia-fundadora da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária, alerta que o acúmulo de tártaro prejudica as estruturas dos dentes:

— Se a placa não é removida, calcifica e forma o cálculo dentário. Em grande quantidade, começa a empurrar a gengiva, inflamando-a e destruindo os componentes que sustentam o dente na boca.

Tire suas dúvidas e veja como manter a boca do animal em dia:

Quando limpar?
Todos os cães devem ter os dentes limpos uma vez ao dia.

Como fazer?
Usando gaze, dedeira ou escova específica para animais, passe o creme dental veterinário entre os dentes e a gengiva do pet em movimentos suaves e circulares.

— é importante estimular o cão desde filhote. Também pode-se associar a uma recompensa, como um petisco depois — ensina Fernanda.

Qual produto usar?
Uma limpeza com água ajuda, mas o mais indicado é utilizar creme dental veterinário, que não precisa ser retirado e tem sabor atrativo para os animais.

— O produto não tem flúor, sabão e não faz espuma — avisa Fernanda.

Vendido em pet shops, o creme dental tem enzimas que, com a saliva, removem a placa. Nunca utilize produtos para humanos em pets.

Existem alternativas?
Algas em pó podem ser colocadas na ração para "afrouxar" as placas, mas, segundo Fernanda, são uma opção controversa. Muitos cães não comem a ração quando o pó é adicionado. Para ela, o que realmente tem efeito é a escovação. O produto só pode ser usado quando houver indicação de um veterinário.

Alimentação interfere?
Sim. Como a ração é mais dura do que comidas caseiras, ela ajuda a eliminar o tártaro.

— Na hora de quebrar os grãos, há uma certa pressão, que auxilia a limpeza. Quem oferece comida aos animais deve ter cuidado redobrado — orienta Claudia.

Com que frequência fazer uma limpeza profissional?
Depende do animal. Alguns precisam que o processo de limpeza seja realizado pelo veterinário a cada seis meses, enquanto outros podem manter intervalo de dois anos, por exemplo. é importante realizar anualmente uma avaliação.

Como é o procedimento?
Antes de passar pela limpeza, o animal precisa realizar uma série de exames para conferir o estado geral de saúde. A profilaxia (procedimento para limpeza dos dentes) necessita de anestesia geral.

— O cálculo é removido por meio de um aparelho, especialmente na região abaixo da gengiva. Em seguida, é feito um polimento — explica Claudia.

Fonte: ZH VIDA

Voltar

Confirme seu voto abaixo: