dcsimg Teste de Campbell - Adotar um Pet - Adote um Amigo - Pet Lover - Bayer Pet
Bayer Pet - Pet Lover

Pet Lover

Teste de CAMPBELL

Como funciona?

William Campbell, um psicólogo especializado em etologia (ciência que estuda o comportamento animal), criou uma série de testes para descobrir e selecionar os comportamentos individuais. O teste de Campbell tem por objetivo determinar a tendência do caráter de um filhote, bem como definir as grandes linhas da personalidade do mesmo.

Os cinco testes realizam-se em poucos minutos para cada cachorro e devem ser feitos com o animal sozinho. Os resultados devem ser anotados, isso permitirá classificar os cachorros em diferentes categorias, que correspondem a diferentes tipos de comportamento.

Iniciar o Teste

1. Teste de atração social

1 de 5

Após ter colocado suavemente o filhote no chão, afastar-se uns quatro passos, agachar-se e chamar a atenção do cachorro batendo palmas suavemente. Observar o comportamento do animal.

Teste de atração social
Reação:

2. Teste de seguir o dono

2 de 5

Afastar-se do cachorro, andando normalmente começando ao seu lado. Tenha certeza que o cão o viu andar. Deve-se observar atentamente a forma como o animal o segue.

Teste de seguir o dono
Reação:

3. Teste da dominância por sujeição (obrigação)

3 de 5

Suavemente, deitar de costas o cachorro e mantê-lo assim com a sua mão sobre o seu peito durante trinta segundos. Observar a reação do animal. A proposta deste teste é verificar como o filhote aceita o stress quando socialmente / fisicamente dominado.

Teste da dominância por sujeição (obrigação)
Reação:

4. Teste da dominância social

4 de 5

Agachado ao lado do animal, acariciar o cachorro (em pé) desde a parte superior do crânio até o pescoço e dorso. Observar calmamente o comportamento do animal. Proposta: Grau de aceitação de dominância social. Filhotes podem tentar dominar pulando e mordendo ou então é independente e vai embora.

Teste da dominância social
Reação:

5. Teste da dominância por elevação (dignidade)

5 de 5

Com as mãos entrelaçadas por debaixo do ventre do filhote, levante-o do solo por trinta segundos. Observar como o animal se comporta. Esta posição coloca o cachorro sob a nossa dominância e as suas reações indicam o seu grau de aceitação dessa dominância.

Teste da dominância por elevação (dignidade)
Reação:
Agressivo

Maioria das respostas A:

  • Animal de caráter muito dominante e agressivo;
  • Animal tem forte desejo de liderança;
  • Requer muita firmeza no trato;
  • Desaconselha-se para crianças, jovens ou pessoas de idade;
  • Aconselhável como um cão de trabalho ou de guarda se for bem treinado;
Refazer

Resultados misturados entre as classificações A e E:

  • Recomenda-se refazer o teste em outro local;
  • Se depois de praticado um novo teste os resultados permanecerem, o cachorro é um caso muito especial e o dito animal deverá ser educado com muito tato, devido a reações imprevisíveis.
Refazer

Maioria das respostas B:

  • Animal de caráter dominante, porém mais estável e menos agressivo;
  • Desaconselha-se a crianças;
  • Aconselha-se como cão de trabalho ou de guarda, necessitando também de trato firme.
Equilibrado

Maioria das respostas C:

  • Animal de caráter equilibrado e sociável;
  • É o tipo ideal de companheiro;
  • É aconselhável para crianças e pessoas de idade como cão de companhia.
Amavel

Maioria das respostas D:

  • O cachorro é um animal muito submisso e amável, deve-se educar com muitas carícias para ganhar muita confiança no homem;
  • É muito sensível às brigas quando se porta mal;
  • Sentindo-se agredido pode morder por medo e logo fugir;
  • Desaconselha-se para guarda ou defesa.
Imprevisível

Maioria das respostas E:

  • Animal de caráter independente, mal socializado, imprevisível;
  • Difícil de se criar e educar;
  • Com o tempo pode se tornar agressivo para manter sua independência;
  • Não é um cão aconselhável a jovens, crianças e pessoas de idade.
Próxima fase

Confirme seu voto abaixo: